Ventilação Natural na Arquitetura


A ventilação de dentro de uma edificação pode ser mecânica, com ventiladores, exaustores, entre outros e ventilação natural.

O recurso natural é um dos principais itens da Arquitetura Bioclimática, que traz vários benefícios para as edificações e seus usuários, até mesmo pela sua sustentabilidade.

Vale ressaltar que boa parte do Brasil tem regiões com clima quente e úmido, sendo que neste tipo de clima, as estratégias bioclimáticas se concentram em controlar os ganhos de calor nas construções e remover a carga térmica das mesmas. Então o uso de algum tipo de ventilação se torna imprescindível, devido as altas temperaturas, principalmente no verão.

Além da remoção do calor interno da edificação, a ventilação natural pode ser capaz de produzir um resfriamento fisiológico nos usuários, pelas perdas térmicas proporcionadas pelas correntes de ar em contato com a pele.

O movimento do ar reduz a temperatura efetiva devido à evaporação do suor da pele e às trocas convectivas entre a corrente de ar e o corpo humano

Mas vale lembrar que um dos aspectos mais problemáticos no uso da ventilação natural é a penetração da chuva nas edificações, devido as “chuvas de vento” comumente conhecidas, onde se o local não for bem projetado, parte da chuva pode entrar na construção, ocasionando grande desconforto aos usuários, ou até mesmo gerando algum dano a construção, se a penetração de água for frequente.

Outra variável a ser considerada é a área útil de ventilação, que representa a área efetiva de ventilação quando a janela está totalmente aberta. Essa área é diferente para cada tipo de janela e consecutivamente para cada tipo de abertura. Por exemplo, as janelas do tipo guilhotina ou correr, tem 50% de área útil, contra 100% das janelas de abrir.

Existem algumas técnicas para a ventilação natural, tal como a Ventilação Cruzada e a Torre de Vento.

A ventilação natural cruzada é usada em diferentes vãos de abertura em um ambiente, o que pode ocorrer em elementos opostos ou adjacentes. Portanto é necessário identificar o tipo de vento predominante da região (frequência, direção e velocidade), para que a ventilação natural não cause desconforto e resfriamento indesejado, caso não analisada adequadamente.

Já a Torre de Vento é uma boa opção para uma troca de ar no ambiente interno. São adequadas para as casas de tijolos ou blocos, e bastante utilizado na arquitetuta árabe. Funciona bem quando não há brisa, pois a temperatura de dentro da torre é diferente do ar externo. O vento entra por um lado da torre e sai pelo outro, sugando o ar quente interno do ambiente, fazendo que o ar fresco entre por aberturas localizadas na parte inferior da edificação.

Enfim, temos diversas variáveis para levar em consideração para a criação de um projeto em que seja explorada a ventilação natural, como única fonte de climatização. Para os casos em que isso não é possível, podemos utilizar dos exaustores e até mesmo o ar condicionado. Quando isso for necessário, conte com a KAWAR ENGENHARIA, que está apta para te ajudar neste projeto.

#arquitetura #architecture #projetos #projetoarquitetonico #arquiteturamoderna #gerenciamentodeobras #arquiteturasustentavel #varejo #arquiteturacorporativa #arquiteturacomercial #projetodearquitetura #projetodeinstalações #obras #gerenciamento #diariodeobra #engenhariacivil #construçãocivil #tecnologia #inovação #bim #engenharia #eficienciaenergetica

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

KAWAR ENGENHARIA é uma empresa de Projetos de Sistema de Ar Condicionado, sediada em São Paulo e com atuação nacional, prestando serviços para setores diversificados como Industrial, Corporativo, Hospitalar e Varejo.

Venha nos visitar

Rua Dr. José Estefno, 301 - Jardim Vila Mariana, São Paulo - SP 

+55 (11) 3895-1113

contato@kawar.com.br

  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone

© 2023 Kawar Engenharia LTDA. Todos os direitos reservados